Serviço Geológico constata que 2.400 pessoas vivem em áreas de risco para inundação em Santana do Ipanema e Poço das Trincheiras, AL

Rebecca Loureiro

2 de dezembro de 2022

O Serviço Geológico do Brasil (SGB) identificou 2.400 pessoas vivendo em oito localidades de “muito alto risco” de inundação em Santana do Ipanema e Poço das Trincheiras, no interior de Alagoas. A informação integra o resultado dos estudos que avaliaram as áreas de risco nessas cidades, divulgados pelo órgão na última quarta-feira (30).

O SGB constata que, entre as duas cidades, o maior número de pessoas em risco está localizado em Santana do Ipanema. Foram identificados seis setores de risco geológico com muito alto risco para inundação:

Rua São Paulo

Rua Professor Enéas

Bairro Domingos Acácio

Bairro Baraúna

Bairro Delmiro Golveia

Bairro Santa Luzia

Nestes lugares, foram identificados cerca de 570 imóveis onde vivem aproxidamente 2.300 pessoas.

O estudo aponta que o risco de inundação é esperado em regiões com as características encontradas em Santana do Ipanema, que em 2020 registrou a pior enchente dos últimos 40 anos.

Já em Poço das Trincheiras, as áreas de risco foram identificadas em duas ruas com muito alto risco de inundação em períodos chuvosos:

Rua São Sebastião

Rua Ipanema

Nestas localidades, foram identificados cerca de 70 imóveis onde vivem aproximadamente 300 pessoas.

Matérias relacionadas...