Polícia

Promotor denunciado por violência doméstica

id5

29 de abril de 2022

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) decidiu, por unanimidade, instaurar um processo administrativo disciplinar contra o promotor alagoano Sidrak Nascimento, por violência doméstica. A decisão do conselho foi divulgada nesta quarta-feira (24), mas foi definida em Sessão Ordinária realizada ontem (23).

O processo afirma que Nascimento submetia a esposa, Martha Maria Moreira Nascimento, a coação moral, psicológica e violência física. Caso seja condenado o promotor terá como pena a demissão das funções que exerce na administração pública.

Martha Nascimento foi encontrada morta no dia 08 de maio de 2019, na residência da família, localizada no Condomínio Alameda do Horto, parte alta de Maceió. Segundo inquérito policial a causa da morte foi suicídio.

O relator do processo no CNMP é o corregedor nacional do Ministério Público, Rinaldo Reis. Ele destacou, após ler os autos, que a vítima era submetida a situações abusivas e que há mensagens enviadas por ela a amigos relatando agressões.

 A pena prevista para Sidrak Nascimento, no CNMP, inicialmente era a perda das funções por 90 dias, mas após avaliação e intervenção da conselheira Sandra Krieger, o órgão decidiu pela demissão.

Matérias relacionadas...