Primeiro caso da subvariante da ômicron é registrado em Alagoas

Rebecca Loureiro

16 de novembro de 2022

A Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde (MS) detectou o primeiro caso de uma subvariante da ômicron da Covid-19 em Alagoas, a BQ.1. Os dados constam no boletim epidemiológico de número 45.

O paciente é um homem de 66 anos, residente em Maceió, com histórico de viagem para São Paulo, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs). Ele começou a apresentar os sintomas da Covid-19 no dia 15 de outubro, mas não precisou ser hospitalizado. Após cumprir o período de isolamento domiciliar, o paciente está recuperado.

Segundo o infectologista Renee Oliveira, chefe do Gabinete de Combate à Covid-19 da Sesau, a população alagoana não deve entrar em pânico, tendo em vista que a chegada da BQ.1 no estado já era esperada.

Para conter o avanço das variantes, as secretarias de saúde orientam a utilização de máscara em locais fechados e com grande fluxo de pessoas, evitar aglomerações, fazer a higienização das mãos frequentemente com água e sabão ou álcool em gel a 70%, além de manter atualizado o esquema vacinal completo, incluindo as doses de reforço.

Matérias relacionadas...