Preso traficante que amarrou e esquartejou vítima

id5

29 de abril de 2022

Um dos suspeitos de participar da morte de João Gabriel Olímpio Silva Pinheiro, de 17 anos, em janeiro deste ano, foi preso, nessa terça-feira (9), no bairro do Ouro Preto. Segundo a polícia, ele é apontado como o líder do grupo criminoso que praticou o homicídio. No dia do ocorrido, os criminosos amarraram a vítima e a assassinaram com golpes de machado. Todo o crime foi filmado pelos autores e divulgado nas redes sociais.

O caso chamou a atenção pela crueldade, que não deu chances de defesa para a vítima. Por causa dos golpes, o jovem teve o crânio quebrado e o rosto desfigurado.

Após o crime, os criminosos escreveram nas costas da vítima, com seu próprio sangue, o nome de outro desafeto dos autores e isso serviria como um recado para ele, afirma a polícia.

A prisão foi decretada pelo juiz Geraldo Amorim da 9 vara criminal do Tribunal do Júri de Maceió.

O suspeito foi abordado pela equipe de Policiais Civis da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), coordenada pelo delegado Fábio Costa, com o apoio de agentes do Tático Integrado de Grupos de Resgates Especiais (Tigre).

A namorada dele, que também estava no local de prisão, foi presa em flagrante, confessando ser também traficante de drogas. Com ela foram apreendidos celulares, dinheiro e drogas.

O CASO

O crime aconteceu no bairro do Ouro Preto, em uma área de mata. João Gabriel passou a noite amarrado e foi assassinado no dia seguinte, com vários golpes de machado. Além disso, o homicídio foi filmado pelos próprios autores e o conteúdo circulou pelas redes sociais.

Matérias relacionadas...