Presidiário produzia e vendia cachaça artesanal em Maceió

Rebecca Loureiro

12 de dezembro de 2022

Um presidiário foi flagrado no último domingo (11) fabricando e comercializando cachaça artesanal dentro do módulo LGBTQIA+ da Penitenciária Baldomero Cavalcanti de Oliveira, em Maceió. O consumo de bebidas alcoólicas dentro de presídios é proibido.

A produção ilegal foi descoberta após uma denúncia recebida pela chefia da penitenciária. Um Procedimento Administrativo Disciplinar foi aberto para investigar o detento.

Na produção da bebida, o presidiário utilizava ingredientes como farinha de pão e cascas de frutas, alimentos que entram legalmente nas unidades prisionais.

A garrafa da cachaça artesanal era vendida a outro preso da mesma ala pelo valor de R$ 50.

Matérias relacionadas...