Menino com autismo é colocado para dormir no banheiro de creche em MG: ‘Revoltada’, diz mãe

Redação

8 de dezembro de 2023

Caso ocorreu em Pains, na região Centro-Oeste de MG; Prefeitura disse que apura o ocorrido.

Menino de dois anos foi colocado para dormir no banheiro em uma escola de Pains — Foto: Milene Silva/Arquivo Pessoal

Um menino de 2 anos de idade com autismo foi colocado para dormir dentro do banheiro em uma creche do município de Pains, no Centro-Oeste de Minas.

A mãe da criança teve acesso a uma imagem que mostra o fato no início da semana e nesta quinta-feira (7), desabafou ao g1: ‘Revoltada, essa é a palavra que define o que senti ao ver a foto’, disse Milene Milheiro Silva. 

Ela registrou um boletim de ocorrência na Polícia Militar (PM). Nas redes sociais, a Prefeitura publicou um comunicado informando que vai apurar o caso. A reportagem fez contato com a Secretaria de Educação do município e aguarda retorno.

Milene conta que teve acesso à foto que mostra o filho no banheiro na segunda-feira (4). O registro teria sido feito pela mãe de uma criança da mesma unidade e enviado para ela.

Mas, antes de Milene receber a imagem, a própria unidade escolar já havia feito uma reunião com ela para esclarecer o episódio que aconteceu no dia 30 de outubro.

“Fui chamada na escola e foram as próprias professoras que me contaram que meu filho tinha sido colocado no banheiro para dormir. A justificativa foi de que o banheiro estava desativado e era mais fresco, mais arejado e mais tranquilo. Eu fiquei indignada, não levo meu filho na escola para dormir em banheiro. E se ele acorda e cai, e se ele coloca a mão no vaso, e se sai um bicho peçonhento e pica ele? “, disse.

A mãe disse que por causa do transtorno do espectro autista, o menino apresenta atraso na fala e mobilidade. Para Milene, significa mais um agravante, já que ele não consegue relatar sobre a rotina na creche.“E se aconteceram outras coisas? Ele não fala, não saberia dessa situação, não saberia de nada”.

Milene retirou o filho da creche municipal e o matriculou em um Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei), onde começará a frequentar no ano que vem.“Eu não admito que ele fique nessa escola mais. Vamos finalizar o ano em casa e ano que vem ele começa em outra escola”, finalizou.

O que disse a Prefeitura de Pains

Comunicado foi feito pela Prefeitura de Pains e publicado nas redes sociais — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Fonte: G1

Matérias relacionadas...