Hospital Albert Einstein desenvolve plataforma que permite fiscalizar recursos do SUS

Rebecca Loureiro

23 de janeiro de 2023

Uma nova plataforma de análise de dados está sendo desenvolvida pelo Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, para auxiliar o Ministério da Saúde na avaliação e fiscalização do funcionamento de unidades públicas de saúde e do uso dos recursos federais repassados.

O projeto se baseia no cruzamento de informações do departamento de informática do Sistema Único de Saúde (Datasus), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e de outras fontes pertinentes. A expectativa é que, com o uso da ferramenta, também seja possível atualizar e elaborar políticas públicas relacionadas ao tema, além de fazer comparações entre estados e municípios.

A Pamdas (Plataforma de Auditoria e Monitoramento de Dados em Saúde) será executada no âmbito do Proadi-SUS (Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS) e vai abranger detalhes de tratamentos complexos, do ponto de vista de infraestrutura e de gestão hospitalar. Além disso, profissionais da Auditoria-Geral do Sistema Único de Saúde (AudSUS) serão capacitados em inteligência artificial para o manejo da ferramenta.

O que se espera da ferramenta é que o cruzamento dos dados forneça alertas de possíveis inconformidades que serão investigadas por auditores. O projeto deve ser concluído até o final de 2023, quando será realizado um relatório das principais análises do triênio de 2021-2023.

Matérias relacionadas...