Dois homens são indiciados pela morte de sargento da PM no Jacintinho

Rebecca Loureiro

24 de janeiro de 2023

A Polícia Civil indiciou dois homens suspeitos de assassinar o sargento Alexandro de Farias Barros Santos, de 50 anos, morto a tiros no começo do mês, no bairro do Jacintinho, em Maceió. O delegado Arthur César, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), informou nesta terça-feira (24) que concluiu o inquérito policial.

Os dois homens já se encontram presos e vão responder por latrocínio. Um deles confessou, mas o outro nega envolvimento no crime. A polícia investiga ainda outras duas pessoas, mas não passou detalhes sobre esses suspeitos.

“Dois foram indiciados e outros dois continuam sendo investigados. O inquérito policial foi concluído, mas poderá ser reaberto devido à investigação desses outros dois suspeitos, que não foram indiciados porque não havia provas suficientes contra eles. Porém, a Polícia Civil está aguardando o resultado do exame de um DNA e prossegue com as investigações”, afirmou o delegado.

O homem que confessou participação na morte do sargento é taxista. Preso logo após o crime, ele disse ter aceitado R$ 200 para ajudar criminosos a roubar carros, mas que se arrependeu quando a ação terminou em assassinato. O outro homem indiciado foi preso em Sergipe, mas diz que está sendo acusado injustamente.

Outros três suspeitos de participação no assassinato foram mortos em uma ação policial em Matriz de Camaragibe. Eles eram considerados foragidos. Segundo a Polícia Militar, o trio, formado por dois homens e uma mulher, reagiu à prisão atirando contra os militares.

Matérias relacionadas...