Atenção ambulantes: Veja aqui se você foi selecionado reserva técnica para trabalhar na orla de Maceió

id5

29 de abril de 2022

Ambulantes de Maceió que se cadastraram para compor o cadastro de reserva para trabalhar na região da orla marítima da capital, já podem conferir a lista dos selecionados no Diário Oficial do Município desta segunda-feira (14), páginas 47 a 49. Foram 144 pessoas inscritas e 129 tiveram a documentação aprovada pela Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs) e vão aguardar a liberação das vagas.

Os trechos solicitados foram as praias de Jatiúca, Ponta Verde, Pajuçara, Avenida, Sobral, Cruz das Almas e Ipioca.

No edital, lançado no começo do mês de fevereiro, os comerciantes informais poderiam optar entre trabalhar com aluguel de kits praia, com guarda sol e cadeiras juntamente com a comercialização de alimentos e bebidas ou apenas carrinhos padronizados para a venda exclusiva de produtos alimentícios e bebidas. Dos 129 ambulantes aprovados na lista, 52 optaram pelos kits e 77 pela venda exclusiva de alimentos.

O secretário municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social, Thiago Prado, pontuou que os comerciantes que optaram pelas praias de Pajuçara, Ponta Verde ou Jatiúca, deverão aguardar o surgimento de uma vaga.

“Com o cadastro de reserva finalizado, agora poderemos substituir aqueles permissionários que estejam descumprindo a atual Legislação Municipal, como os que não estão obedecendo o limite de kits praia por ambulante, realizando o descarte irregular de lixo, comercializando churrasquinhos em espetos de madeira ou vendendo bebidas em recipientes de vidro”, informou o secretário.

Para os outros trechos da orla marítima de Maceió, escolhidos pelos ambulantes, serão abertos processos para que eles recebam o alvará de permissão de comércio informal e iniciem as atividades no local escolhido. Antes dessa liberação, fiscais de posturas da Semscs irão analisar o espaço indicado pelo comerciante e havendo a disponibilidade, a documentação é emitida.

Dos inscritos, 15 comerciantes tiveram sua inscrição indeferida por problemas com a documentação.

Matérias relacionadas...